Cerca de 200 pessoas participam do 11º Fórum Mineiro de Relações do Trabalho - 11/08/2011
Participantes debateram temas como o bullyng nas empresas

Cerca de 200 pessoas entre advogados, gestores de Recursos Humanos, empresários e estudantes de Direito de Uberlândia, região do Triângulo Mineiro e outros estados participam do 11º Fórum Mineiro de Relações do Trabalho.

Ontem (10), primeiro dia do evento, foi realizado o Seminário Pré-Fórum, com a discussão das novidades e decisões relevantes na área Trabalhista e Sindical. Entre os assuntos apresentados, os participantes puderam conferir temas atuais como “Ponto eletrônico – O que há de certo em toda a polêmica” e “Prática de bullying nas empresas – Caracterização e prevenção”.

Para o segundo dia do evento, que acontece hoje no auditório da 13ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), estão programados palestras, debates e momentos de networking com profissionais de Uberlândia, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

PROGRAMAÇÃO

Fórum Mineiro de Relações do Trabalho
8h30
Abertura
CÍCERO DOMINGOS PENHA
Presidente do Conselho de Relações Trabalhistas da Fiemg – Regional Vale do Paranaíba
Uberlândia (MG)
“O custo do trabalho no Brasil de hoje e suas consequências para trabalhadores, empresas e a sociedade (incluindo os efeitos da atual política do salário mínimo)”

9h
Conferência magna
ALENCAR ROSSI
Consultor de Relações Trabalhistas e Negociador da Vale e Telefônica
São Paulo/SP
“Caminhos e descaminhos das relações trabalhistas e sindicais no Brasil e o papel dos empregadores nesta história”

10h
Intervalo para café e networking

10h30
Painel 1 – Modernização das relações do trabalho

DEBATEDORES
Pelo laboral
PAULO LAGE
Presidente do Sindicado dos Químicos do ABC e do Consórcio Intermunicipal do ABC
São Paulo (SP)

Pelo legislativo
SILVIO COSTA
Deputado Federal
Presidente da Comissão de Trabalho da Câmara Federal
Brasília (DF)

Pelo patronal
PEDRO JOSÉ LACERDA
Presidente da Fiemg – Regional Vale do Paranaíba
Uberlândia (MG)

JOSÉ AMÉRICO LEITE FILHO
Consultor jurídico trabalhista da Federação Brasileira de Telecomunicações (Febratel)
Rio de Janeiro (RJ)

Mediador
CEZAR HONÓRIO TEIXEIRA
Jornalista e editor-chefe do jornal CORREIO de Uberlândia
Uberlândia (MG)

- Como os sindicatos laborais e patronais avaliam o panorama das relações trabalhistas e sindicais de hoje
- Viabilidade e inviabilidade de uma reforma trabalhista
- Propostas para a melhoria desse cenário

12h30
Intervalo para almoço

14h
Painel 2 – Negociações coletivas

ADAUTO DUARTE
Diretor de Relações Trabalhistas do Grupo Fiat e Presidente da Comissão de Relações do Trabalho da Anfavea
Belo Horizonte (MG)
“As novas formas de negociação coletiva. A competitividade nas empresas e as prioridades em relações trabalhistas no Grupo Fiat”

SÔNIA MASCARO NASCIMENTO
Advogada – Sócia de Amauri Mascaro Nascimento Advogacia Consultiva
São Paulo (SP)
“O que pode e o que não pode ser negociado em acordos e convenções coletivas de trabalho”

EDMIR FREITAS GARCEZ
Diretor da Garcez Recursos Humanos e Consultor e Negociador de Empresas Nacionais e Multinacionais
São Paulo (SP)
“A dinâmica moderna de negociar questões do trabalho e os cuidados práticos em negociações coletivas”

Mediador
ANTÔNIO CARLOS AGUIAR
Advogado, professor de Direito do Trabalho e Sócio do Escritório Peixoto & Cury
São Paulo (SP)

15h30
Intervalo para café e networking

16h
Painel 3 – Proteção aos Direitos da Empresa

LENZ ALBERTO ALVES CABRAL
Médico do trabalho e diretor da Proergon – Consultoria em Ergonomia e Sesmt
Uberlândia (MG)
“A indústria das indenizações por doenças e afastamentos do trabalho – Como identificá-la e como tratá-la”

TULIO MASSONI
Doutor e Mestre em Direito do Trabalho pela SUP e advogado – Sócio de Amauri Mascaro Nascimento Advocacia Consultiva
São Paulo (SP)
“Competência e limites dos órgãos e agentes fiscalizadores das relações do trabalho”

Mediador
PÉRSIO JOSÉ DE OLIVEIRA
Presidente do Sindhart e membro do Conselho de Relações Trabalhistas da Fiemg – Regional Vale do Paranaíba

17h
Palestra de Encerramento
SANDRO MABEL
Deputado Federal, autor do Projeto de Regulamentação da Terceirização aprovado na Comissão do trabalho do Congresso Nacional
Brasília (DF)


Fonte  - Correio de Uberlândia